Coluna do JBFoco – Dicas para seu currículo

Vou postar abaixo uma das colunas do JBFoco, onde escrevo sobre Profissão e Emprego e também sobre Gestão. Esta é sobre Como criar um currículo.

Sete dicas para seu currículo

O currículo geralmente chega antes de você nas empresas. É o seu cartão de visitas. Seu objetivo é fazer com que você seja chamado para uma entrevista. Capriche! Ele mostra sua trajetória educacional e profissional. Para ter sucesso observe as sete dicas abaixo:

1) Um recrutador leva em média 40 segundos para ler um currículo. Nestes 40 segundos ele avalia se o candidato merece ou não ser chamado para entrevista. Seja breve.

2) Jamais envie um currículo preenchido à mão, daqueles que se compra na papelaria; Eles têm destino certo: lixo.

3) Currículo tem de ser digitado. De preferência em letra tamanho 11 para o texto e 14 para os títulos. Fonte times ou arial, impresso em papel de boa qualidade, branco ou em folha de tom pastel (bege é bem aceito).

4) Deve ter no máximo uma ou duas folhas. Lembre-se dos 40 segundos! Não coloque capa e nem número de documentos, exceto número de registro profissional (CRM, CRA, CRC, CREA e outros).

5) Não minta no currículo. Omitir pode. Por exemplo, se você é mulher, jovem e tem filhos, não coloque que tem filhos. Se você tem 40 anos pode também ser excluído para determinadas vagas; omita sua idade. Deixe para a entrevista o que você achar que pode lhe prejudicar na avaliação do currículo. Na dúvida, coloque-se no lugar do entrevistador e se pergunte: “Por este currículo eu me chamaria para uma entrevista para a vaga tal?”

6) Inclua seu conhecimento e experiência. Conhecimento é quando você estudou determinado assunto. Pode ser por autodidatismo ou em cursos. Experiência é quando você já praticou. Emprego e estágio valem como experiência. Cursos valem como conhecimento.

E a dica 7 é a seguinte:

Não reclame que não tem emprego se você ainda não colocou pelo menos 50 currículos no mercado!

As partes do seu currículo

1 – Dados Pessoais – Comece com seu nome, em fonte tamanho 14 em negrito. Não precisa escrever currículo. Coloque endereço completo com CEP, e-mail e pelo menos dois telefones (fixo e celular) para contato.

2 – Objetivo – Informe aqui o cargo e/ou área para os quais está se candidatando. Dica: coloque que aceita desafio para outros cargos, se lhe interessar ser chamado também para outra vaga ou área da empresa.

3 – Habilidades – Liste seus conhecimentos e experiências, o que você sabe fazer (exemplo: informática, telemarketing, arquivo, atendimento a clientes etc).

4 – Formação Escolar – Cite o mais recente primeiro. Informe a instituição, curso, turno e previsão de conclusão, se é completo, concluído ou incompleto. Se fez ou faz curso superior nem precisa citar o ensino médio ou fundamental.

5 – Cursos Extracurriculares e Idiomas – Descreva os cursos profissionalizantes,, nome da instituição e ano. Se você tem conhecimento de línguas estrangeiras, informe se fala, lê ou escreve.

6 – Experiência Profissional – Liste as empresas em ordem da mais recente (ou atual) para a mais antiga onde você já trabalhou ou estagiou. Use esta ordem: nome da empresa, cidade/estado, período (mês e ano de inicio e fim), cargo e descreva as funções exercidas. Se foi estágio, informe. Não coloque o motivo da saída; deixe para a entrevista.

Outras informações valiosas

Não coloque pretensão salarial. Deixe para a entrevista. No máximo escreva “a combinar”.
Foto? Não coloque. Capriche no conteúdo do currículo e deixe o impacto visual para a entrevista.
Valoriza um currículo se você fez ou faz algum trabalho voluntário. Informe.
Não coloque data. Quando for assinar o currículo, coloque a data à mão. Assim, seu currículo nunca estará com data antiga.

Boa sorte e sucesso! Até semana que vem!

Deixe seu Comentário!

Comentários