Empresas e funcionários aprovam o ponto eletrônico, diz pesquisa

Terça-feira, 23 de agosto de 2011

São Paulo – Faltam menos de dez dias para que as empresas com mais de dez funcionários adotem o novo ponto eletrônico, mas muitas ainda não se adequaram às novas normas. Levantamento da Associação Brasileira das Empresas Fabricantes de Equipamentos de Registro Eletrônico de Ponto (Abrape) mostra que 260 mil empresas já adquiriram novos aparelhos, mas estima-se que 600 mil precisem fazê-lo.

Quem já está usando o novo sistema parece estar satisfeito. Pesquisa realizada pelo Instituto AGP com 162 empresas espalhadas pelo país mostra que 78% dos funcionários e 74% das companhias aprovam o novo registro de ponto eletrônico. Antonio Perina, diretor do Instituto AGP, afirma que a grande maioria dos entrevistados está usando o aparelho há mais de três meses, o que permite uma avaliação criteriosa do equipamento.

O levantamento mostrou ainda que 60% dos funcionários sentem-se mais protegidos com o novo registro de ponto e para 59% o novo sistema melhora a confiança entre empregado e empresa.

Fonte: http://www.globo.com/

————————————

Comentário da Zê: eu, particularmente, acho que o controle eletrônico de ponto poderia ser feito de outra forma, sem precisar criar um modelo específico de relógio. As empresa já têm computadores, para que um relógio novo? Entretanto, quanta legislação a gente não concorda ou acha absurda e está aí, em vigor? Se a forma é essa de fazer, que cumpramos a lei. Sem dúvida que o controle de ponto eletrônico para as empresas com muitos empregados é uma benção, pois facilita a migração dos dados para o cálculo da folha de pagamento. Mas será que não tinha um método mais fácil, que desse esse benefício e ao mesmo tempo não onerasse a empresa na aquisição de um relógio novo e desse a certeza ao trabalhador que suas horas extras estão sendo computadas corretamente?

Deixe seu Comentário!

Comentários