Erros que você não pode cometer no eSocial: #5 e #6

 

Hoje o assunto dos 2 Erros é sobre fazer admissão e pagamento de férias retroativas.

 

Essas duas práticas vão poder continuar a serem feitas com o  eSocial?

 

Descubra nos Erros #5 e #6 da série de 31 Erros que você não pode cometer no eSocial.

 

❌ ERRO 5
Realizar admissão retroativa.

O eSocial não trará novas legislações, porém, vai fiscalizar a legislação vigente e, claro, exigir seu cumprimento.

Mas por que não fazer a admissão retroativa?

Simples. Hoje só é necessário informar admissões no dia 07 do mês subsequente, salvo exceções.

O que vai mudar: o eSocial exigirá que o cadastro de admissão seja enviado de forma preliminar, com apenas 3 dados (datas de admissão e nascimento, e CPF), ou cadastro completo do colaborador ANTES que ele inicie o trabalho.

Assim, não será possível deixar para informar a admissão depois que o funcionário começar a trabalhar.

 

Assista a explicação completa de Zenaide Carvalho no vídeo abaixo:

 

❌ ERRO 6
Pagar férias retroativas.

 

Segundo a CLT, a partir do Artigo 129, está previsto que o empregado receba as férias dois dias antes do início do gozo.

Mas existe uma situação comumente encontrada em muitas empresas: pagamento de férias após o empregado sair.

E quando o eSocial entrar em vigor, daqui a poucos meses, isso não será mais possível.

Por quê? Assista ao vídeo e descubra.

 

1º Workshop de eSocial

Você está sabendo do Workshop de eSocial?  A Zenaide Carvalho vai fazer alguns dias de treinamento intensivo para preparar você para a chegada do eSocial, em janeiro/18.

Será totalmente online e gratuito. Clique aqui para se inscrever.

 

“O conhecimento teórico adquire força concreta somente quando colocado em prática.” (Masaharu Taniguchi)

Deixe seu Comentário!

Comentários