21 janeiro, 2009

Amigos, amigos, trabalho à parte!

“Concentre-se no trabalho atual para garantir um futuro feliz.”
(Taniguchi)

A amizade e a solidariedade sempre foram estimuladas no ambiente de trabalho. Ser cordial com seus companheiros, colaborar quando um colega está precisando de um auxílio para desenvolver determinada tarefa e até mesmo eventualmente servir de “psicólogo” – ouvindo um amigo de trabalho que está com problemas, são atitudes louváveis e sempre ressaltadas como positivas.
Entretanto alguns profissionais extrapolam essa amizade e solidariedade, entrando no plano íntimo e prejudicando a sua vida profissional. Pode ser por estar o dia todo fazendo comentários da vida pessoal – sua e de outros colegas, a famosa “fofoca” – ou reclamando da vida, do salário, do marido, do chefe. Aqui o que deve prevalecer é o bom senso, acima de tudo.
Eu tive uma colega de trabalho que passava o dia todo falando do namorado, quase sempre com apelidos carinhosos. E quando falava, suspirava. E, obviamente, esquecia do que estava fazendo em segundos. Não raro, se alguém chegasse em sua mesa para solicitar um relatório ou tratar de algum assunto de trabalho e simplesmente perguntasse se estava tudo bem, ela já começava a falar do parceiro. E lá se ia a concentração por água abaixo. O pessoal do departamento até evitava perguntar algo, pois ela sempre tinha uma história para contar sobre seu amor.
Mas se há alguém que esquece do trabalho, você não deve esquecer. Por mais até mesmo que seja seu amigo. No ambiente profissional, você deve evitar perder tempo demasiado falando de amenidades ou problemas pessoais.
Não estamos falando de descontração no ambiente de trabalho: quanto mais for descontraído melhor, a produtividade aumenta quando estamos felizes e satisfeitos; estamos falando de desconcentração. Se vocês forem casados ou namorados, evitem também discutir a relação durante o expediente. Isso diminui a produtividade e certamente seu chefe estará de olho, ainda mais se souber que vocês têm uma relação íntima.
Aproveite para marcar um almoço com seu colega ou mesmo um chopinho ao final do dia e coloquem os assuntos em dia. Foque, durante o dia, no crescimento, tanto seu quanto da sua empresa e, por tabela, de seu amigo. Amigos, amigos, trabalho à parte!

Sucesso e fique com Deus!

Zenaide Carvalho
Escritora, Palestrante e Consultora
http://www.zenaidecarvalho.com.br/
escrito em 21/01/2009

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code