16 maio, 2019

IBGE: 5,2 milhões de pessoas procuram trabalho no país há um ano ou mais

Conseguir um emprego tem sido um desafio para muitos brasileiros. Dados divulgados pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) mostram que 5,2 milhões de pessoas procuram trabalho há um ano ou mais. Esse grupo representa 38,9% dos 13,4 milhões de desempregados no país.

A maioria das pessoas que buscam trabalho estão desempregadas há menos de um ano. Essa parcela da população soma 8,2 milhões de trabalhadores, o que representa 61,1% do total.

Veja abaixo o número de pessoas em busca de emprego, conforme o tempo de procura:

  • Menos de 1 mês: 2,1 milhões
  • De um mês a um ano: 6,1 milhões
  • De um a dois anos: 1,9 milhão
  • Mais de dois anos: 3,3 milhões

Faltou trabalho para 28,3 milhões no 1º trimestre

Segundo o IBGE, a taxa da chamada subutilização da força de trabalho foi de 25% no primeiro trimestre do ano. Isso significa que faltou trabalho para 28,3 milhões de pessoas no Brasil.

especialista em esocial zenaide carvalho

O contingente de pessoas subutilizadas é recorde na série da Pnad Contínua, iniciada em 2012. O grupo reúne os desocupados, os subocupados com menos de 40 horas semanais e uma parcela de pessoas disponíveis para trabalhar, mas que não conseguem procurar emprego por motivos diversos.

especialista em esocial zenaide carvalho

Metodologia da pesquisa

A Pnad Contínua é realizada em 211.344 casas em cerca de 3.500 municípios. O IBGE considera desempregado quem não tem trabalho e procurou algum nos 30 dias anteriores à semana em que os dados foram coletados.

Existem outros números sobre desemprego, apresentados pelo Ministério da Economia, com base no Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados). Os dados são mais restritos porque consideram apenas os empregos com carteira assinada.

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *