14 agosto, 2019

Motivação no trabalho: um desafio para o empregador

No mundo atual as novidades tornam-se obsoletas muito rapidamente, devido ao avanço das tecnologias, uma notícia ganha o mundo em questão de milésimos. 

A geração atual está acostumada e esse ritmo frenético, grande fluxo de informações, fazer várias coisas ao mesmo tempo, querer tudo para ontem, estão sempre inquietos, buscando algo novo.  

E isso reflete no seu dia a dia profissional, a busca constante por descobrir uma profissão que satisfaça essa inquietude. 

Professor SA

Trazendo assim, um grande desafio para as empresas, manter a motivação dos trabalhadores no ambiente de trabalho, pois o fator que causa uma motivação não é o mesmo para todos. 

Professor SA

Alguns sentem-se motivados por uma remuneração melhor, outros por uma jornada de trabalho mais flexível, outros pela atividade exercida… 

Não é fácil deixar 100% dos trabalhadores satisfeitos na empresa, pois todos tem motivações intrínsecas, que para as empresas é mais difícil de mensurar e sanar. 

Assim, o foco da empresa deve ser buscar estratégias para sanar as motivações extrínsecas, que estão dentro da capacidade empresarial. 

E para manter seus trabalhadores motivados, aumentando assim a produtividade da empresa, é necessário um bom investimento na área de Gestão de Pessoas, que saberá como elaborar essas estratégias. 

Alguns pontos que as empresas precisam estar atentas para manter a motivação no ambiente de trabalho são: 

Uma boa liderança 

A liderança de uma empresa é um ponto crucial para motivar ou desmotivar os trabalhadores. 

Uma liderança sem empatia, que não sabe gerir pessoas, que não está aberta a novas ideias, abusa do poder ou não tenha humildade para reconhecer que também erra, é uma grande fonte de desmotivação na equipe. 

O líder precisa estar ciente que suas atitudes influenciam diretamente na produtividade dos seus subordinados. 

E deve incentivar sua equipe a solucionarem pequenos problemas sozinhos, assim eles se sentirão motivados por novos desafios e “pensarão fora da caixa”. 

Uma boa comunicação  

Para manter o ambiente de trabalho saudável é necessário uma comunicação objetiva e clara, para que não haja dúvidas entre os envolvidos.  

Problemas como uma comunicação estilo telefone sem fio* podem afetar diretamente o comportamento dos trabalhadores e impactarem nos resultados da empresa. 

E a comunicação também deve ser acessível entre o trabalhador e sua liderança, ele precisa ter liberdade para expor suas ideias e objeções, sem ter medo de repreensão 

Proporcionar um bom clima organizacional 

Um bom ambiente de trabalho aumenta a produtividade do trabalhador, pois ao sentir-se bem no ambiente em que executa suas atividades, a motivação e comprometimento aumentam. 

Um clima organizacional que preza o respeito, o bom relacionamento interpessoal, uma boa comunicação, o reconhecimento, o espírito de equipe, é capaz de gerar benefícios expressivos para qualquer empresa, como pouca rotatividade de trabalhadores e um ambiente propício ao surgimento de ideias criativas que farão a empresa crescer. 

Proporcionar expectativas de crescimento 

Saber que na empresa em que atua poderá alcançar novos níveis profissionais é uma grande fonte motivacional. 

Pois além dos benefícios financeiros proporcionados pelo novo cargo, há também o desafio de fazer algo novo, sair da zona de conforto em que se encontra. 

Além de que, a maioria dos profissionais sentemse satisfeitos quando seu trabalho é reconhecido. 

Dar feedbacks 

É preciso tornar um hábito na empresa o processo de feeedback, o silêncio da liderança poderá ser interpretado pelo trabalhador como algo positivo, porém seu serviço pode não estar sendo tão satisfatório para o empregador. 

Ou então, o trabalhador pode se sentir desmotivado e inseguro, pois não sabe se o que está fazendo está de acordo com o desejado, ficando assim sem “rumo”. 

O feedback é um processo que beneficia tanto o empregador quanto o trabalhador, mas precisa ser aplicado da maneira correta. 

Ambas as partes precisam saber ouvir e falar, entendendo que quando se trata de relações interpessoais, é necessário ter a habilidade de lidar com suas próprias falhas para um bem maior, que será o crescimento profissional e empresarial. 

Treinar e capacitar 

Não se sentir capacitado para executar suas atividades diárias é algo desmotivador. 

Os empregadores precisam estar cientes de que precisam treinar e capacitar corretamente seus trabalhadores, pois muitas vezes somente a experiência dele não será suficiente para executar corretamente as atividades desejadas, os processos de uma empresa não são idênticos aos de outras. 

É preciso também garantir que os trabalhadores tenham acesso a cursos de atualizações sempre que necessário. 

Promover benefícios  

Alguns benefícios concedidos pelas empresas podem motivar mais o trabalhador do que um bom salário. 

São fatores que podem impulsionar os trabalhadores em direção ao atingimento dos objetivos e metas organizacionais. 

Alguns exemplos de benefícios que são atrativos para muitos trabalhadores são: Plano de Assistência Médica para o trabalhador e seus dependentes, horário flexível de trabalho, Participação de Lucros ou um Plano de Bonificações, Vale alimentação/refeição e Vale Transporte. 

área de Gestão de Pessoas pode fazer uma pesquisa entre os trabalhadores de quais benefícios consideram mais atrativos e elaborar um plano de implantação quando estiver dentro da capacidade da empresa. 

Buscar meios de manter os trabalhadores motivados é uma via de mão dupla, pois beneficia tanto o trabalhador quanto o empregador! 
*Telefone sem fio refere-se a brincadeira em que se forma uma fila de pessoas e o primeiro cochicha uma mensagem no ouvido do segundo, esse repete a mensagem como entendeu no ouvido do terceiro e o processo se repete até a última pessoa. Esta declara a mensagem recebida que, obviamente, chegou completamente distorcida do outro lado. No mundo corporativo se usa a mesma expressão quando percebe-se uma falha de comunicação entre diferentes departamentos ou hierarquias. 

Continue acessando diariamente o blog para aumentar seu conhecimento e estar atualizado!

Abraços! 

Marileisa Gonçalves – Analista de Conteúdo – Nith Treinamentos.        

Fica autorizada a publicação e o compartilhamento desde que citadas autora e fonte: www.zenaide.com.br 

Saiba como gerenciar os conflitos e emoções no ambiente de trabalho

Para manter um ambiente de trabalho saudável e motivador o líder precisa estar atento também as conflitos que possam existir, afinal são várias pessoas diferentes trabalhando juntas.

Assim, se você deseja atingir altos cargos em uma empresa, precisa aprender a liderar pessoas de todos os tipos – e isso requer habilidades de domínio profundo sobre suas emoções e, principalmente, saber administrar conflitos!

Aprenda a utilizar os benefícios da Inteligência Emocional no ambiente de trabalho para alcançar os seus resultados.

Tenha acesso a um passo a passo completo, com técnicas avançadas de Inteligência Emocional, e transforme este desafio em uma oportunidade – torne-se um verdadeiro líder, capaz de contornar até as situações mais difíceis!

Clique aqui e garanta sua vaga no Curso Gestão de Emoções e Conflitos.

Professora Lena Souza é Campeã mundial de oratória pela JCI internacional, Graduada em empreendedorismo e RH, Empreendedora, coach, cerimonialista, palestrante, escritora e comunicadora. E mais do que isso, é uma tímida CORAJOSA que viaja o Brasil inteiro há 13 anos, levando uma mensagem de coragem e transformação às pessoas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *