24 dezembro, 2010

Deveria ser para rir, mas é para chorar…

Os empregados domésticos e o FGTS A patroa contrata uma empregada doméstica e essa vai logo fornecendo sua carteira trabalho para o registro. A patroa, que não sabe de quase nada de registro em carteira, procura um contador. – Vai registrar a doméstica com FGTS ou sem FGTS? Sem FGTS a mensalidade dos nossos serviços é de 50 reais, com FGTS a mensalidade é de 200 reais e mais 500 reais para a Certificação Digital, diz o contador. – Mas por que tanta diferença de preço?!, Continue lendo

21 dezembro, 2010

RAIS 2011 – Como Informar a Contribuição Sindical e Layout da RAIS 2010 já disponível!

Aproveito para lembrar que já está disponível no site http://www.rais.gov.br/ o layout para a RAIS 2011 (ano-base 2010). A RAIS de anos anteriores (até 2009) está com envio SUSPENSO até 17/01/2011. ————————————————————————————————– *** e-mail recebido do Conselho Federal de Contabilidade (CFC) em 21/12/2010 *** Prezados Contabilistas, Segue, abaixo, texto enviado pela Secretaria de Relações do Trabalho — do Ministério do Trabalho e Emprego — na qual contém orientações sobre o preenchimento das contribuições sindicais na RAIS – Ano Base 2010. Atenciosamente, Conselho Federal de Contabilidade Continue lendo

20 dezembro, 2010

Curso de HOMOLOGNET com Cálculo de Rescisões Contratuais em Florianópolis/SC

Curso HOMOLOGNET – Novas Regras para Homologação das Rescisões Contratuais e Cálculos de Rescisões Contratuais Local: Centro – Florianópolis/SC – Rua Crispim Mira, 124 Data: 13/01/2011 Carga horária e Horário: 8 horas (8h30 às 12h – 13 às 17h30) chegar com 15 min. de antecedência Objetivo: Esclarecer aos participantes os principais pontos das novas regras para homologação das rescisões contratuais segundo as Portarias Mte 1.620/10 e 1.621/10 e IN SRT 15/2010, apresentar o novo Termo de Rescisão de Contrato de Trabalho, o uso do Sistema Continue lendo

20 dezembro, 2010 15 dezembro, 2010

Falha corrigida no Homolognet – que bom!

Aos que participaram do treinamento sobre HOMOLOGNET pelo PEC-CRC/SC, informo que tem um problema resolvido! Recebi ontem telefonema do Ministério do Trabalho de Brasília (que chique!) dizendo que a falha do desconto previdenciário que NÃO ESTAVA ACONTECENDO quando descontávamos o Aviso Prévio Indenizado do empregado, já foi corrigido. Realmente, logo depois fiz uma simulação e está tudo certinho, o desconto está aparecendo lá, bonitinho da silva! Abraços e até breve! Zenaide.

15 dezembro, 2010

Já tem curso agendado para janeiro/2011, pessoal!

Olá, galera! Estou em ritmo de férias…eheheheh… começam HOJE minhas merecidas férias e já estou de pá e baldinho na mão para ir à praia (se aparecer sol em Floripa, claro)… Bem, mas no dia 12 de janeiro já estarei a postos, na AEMFLO/CDL (Grande Florianópolis/SC), ministrando o Curso Prático de Retenções Previdenciárias. Será o dia todo, com muuuitos exercícios de cálculos (quem for deverá levar calculadora simples). Dia 20 de janeiro também tem curso de SREP – Novo Sistema de Registro Eletrônico de Ponto, também Continue lendo

15 dezembro, 2010

15/12/2010 – Salário mínimo profissional não é base de cálculo do adicional de insalubridade (Notícias TST)

15/12/2010 – Salário mínimo profissional não é base de cálculo do adicional de insalubridade (Notícias TST) Usar o salário mínimo profissional como base de cálculo para o adicional de insalubridade contraria a Súmula Vinculante 4 do Supremo Tribunal Federal. De acordo com a Terceira Turma do Tribunal Superior do Trabalho, observando o teor da súmula do STF, o adicional deve ser calculado sobre o salário mínimo. Com esse posicionamento, a Terceira Turma reformou decisão que determinava a Reclamada o pagamento do adicional com base no Continue lendo

6 dezembro, 2010

Acidentes em empresas viram alvo de ação do INSS

Órgão quer reembolso de gasto com ocorrências causadas por negligência Marcos de Vasconcellos – Folha de São Paulo Empresas de todos os portes que não seguem normas de segurança notrabalho são cada vez mais alvos de ações do INSS (Instituto Nacional doSeguroSocial)que exigem reembolso dos gastos públicos com acidentes. Com as chamadas ações regressivas acidentárias, o INSS busca reaver na Justiça gastos com pensões por morte, afastamentos e aposentadorias por invalidez causados por acidentes de trabalho que, segundo o órgão, tenham sido ocasionadas pelo não Continue lendo

4 dezembro, 2010 4 dezembro, 2010