1 outubro, 2019

Site da Caixa permite simular valor e aderir ao saque-aniversário do FGTS; saiba como fazer

A Caixa Econômica Federal anunciou nesta terça-feira (1) as regras do saque-aniversário do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

Os trabalhadores que desejam aderir à modalidade de saques anuais das contas ativas e inativas do Fundo de Garantia podem registrar essa opção a partir desta terça-feira (1º), por meio de um aplicativo de celular ou então pelo site da Caixa Econômica Federal. Veja abaixo as opções:

  • APP FGTS (o aplicativo é o Caixa FGTS e está disponível tanto para aparelhos com sistema Android quanto aqueles com iOS)
  • Página do site da Caixa

O trabalhador que optar pelo saque-aniversário continuará a ter direito à multa de 40% em caso de demissão, mas perderá o direito ao saque-rescisão, isto é, não poderá retirar o saldo total de sua conta do FGTS ao ser demitido.

Professor SA
A migração para a modalidade saque-aniversário não é obrigatória. Quem não comunicar ao banco o interesse em migrar, permanecerá na regra de saque-rescisão.

Veja o passo a passo para ver a simulação do valor que pode ser retirado e como aderir ao saque-aniversário:

1. O trabalhador entra no site da Caixa e acessa o link do saque-aniversário:

Página da Caixa que traz o acesso à simulação de valor do saque-aniversário — Foto: Reprodução

Página da Caixa que traz o acesso à simulação de valor do saque-aniversário — Foto: Reprodução

Professor SA

2. O trabalhador deve informar o CPF, número do NIS ou e-mail cadastrado no sistema da Caixa e a senha também cadastrada anteriormente. Depois precisa apertar “Não sou um robô e a tecla acessar:

Página do site da Caixa para acessar a simulação do valor para saque-aniversário do FGTS — Foto: Reprodução

Página do site da Caixa para acessar a simulação do valor para saque-aniversário do FGTS — Foto: Reprodução

3. Em seguida virá uma tela mostrando no topo da página o nome e a inscrição do beneficiário:

Tela para simular valor do saque-aniversário do FGTS — Foto: Reprodução

Tela para simular valor do saque-aniversário do FGTS — Foto: Reprodução

4. O trabalhador então deve entrar em Meu FGTS, que fica ao lado esquerdo da tela. Virão as opções Simulador Saque Aniversário e Opção Sistemática de Saque FGTS:

Simulador do saque-aniversário do FGTS — Foto: Reprodução

Simulador do saque-aniversário do FGTS — Foto: Reprodução

5. Se o trabalhador clicar em Simulador Saque Aniversário virão o valor a que ele terá acesso em caso de optar pelo saque-aniversário e o período de saque. Na mesma tela é explicado como o valor é calculado. Além disso, há o detalhamento do saldo de todas as contas do FGTS, tanto ativas como inativas:

Simulador do valor a ser recebido no saque-aniversário do FGTS, no site da Caixa — Foto: Reprodução

Simulador do valor a ser recebido no saque-aniversário do FGTS, no site da Caixa — Foto: Reprodução

6. Se ele clicar em Opção Sistemática de Saque FGTS virá a página onde ele pode optar pelo saque-aniversário e também simular o valor do saque-aniversário:

Página da Caixa para aderir ao saque-aniversário do FGTS e simular o valor — Foto: Reprodução

Página da Caixa para aderir ao saque-aniversário do FGTS e simular o valor — Foto: Reprodução

7. Ao optar para o saque-aniversário, o trabalhador precisa escolher a data de recebimento do FGTS (1º ou 10) e as opções de receber pelos canais de pagamento da Caixa ou ter o crédito em conta de outra instituição financeira. Ao final, é preciso clicar em salvar:

 

Tela para aderir ao saque-aniversário do FGTS — Foto: Reprodução

Tela para aderir ao saque-aniversário do FGTS — Foto: Reprodução

Fonte: G1

Fuja das Autuações!

Você já ouviu algo sobre retenções tributárias? Ficou com dúvidas?

Não se apavore! Essa é uma dúvida muito comum no ramo empresarial. Mas também não se acomode: é muito importante saber o que é retenção de tributos federais.

A retenção é uma maneira que o Governo Federal tem para antecipar uma parte dos valores que devem ser pagos pelas empresas e combater a sonegação. É algo que vai depender da atividade da empresa e seu regime tributário.

Sua influência na empresa pode ser enorme, como o recebimento errado de valores emitidos quando obrigados a esta retenção ou até mesmo o não recolhimento quando se tem um fornecedor, acarretando em dívidas e autuações.

E se você ainda não se deparou com esse tema, mais dia menos dia, ele vai surgir na sua jornada empreendedora. E neste momento, é melhor você já dominar o assunto e saber como isso poderá influenciar na sua empresa ou nos seus clientes, caso você trabalhe em escritório contábil.

Clique aqui e garanta sua vaga na formação de Analista de Retenção de Tributos Federais!

A formação de Analista de Retenção de Tributos Federais vai te dar a base da legislação atualizada para contratos de  prestação de serviços, contratação, ou compra. Identifique erros e problemas e evite autuações.

Professor Paulo Gomes é um profissional com mais de 15 anos de experiência em trabalhos realizados como Auditor da Receita Federal em Grandes Empresas tanto pela Secretaria da Receita Previdenciária, como pela Receita Federal do Brasil. Consultor Tributário, com larga experiência em Auditorias em grandes empresas, com ênfase nas Contribuições Sociais, dentre as quais destaco as Contribuições Previdenciárias, o PIS/PASEP e a COFINS. Palestrante com experiência em Treinamentos e Cursos em geral. Foi integrante da Equipe Especial de Análise de Direitos Creditórios e Compensação vinculada da DERAT – Delegacia de Administração Tributária da Receita Federal do Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *